SoftBank vai investir mais US$ 3 bilhões em startups da América Latina

Novo veículo vem após resultados investindo em empresas de tecnologia no mercado latino-americano. SoftBank aportou em 48 empresas, incluindo 15 unicórnios.

SÃO PAULO – O conglomerado japonês de telecomunicações SoftBank vai fazer uma nova aposta nas startups da América Latina. Depois de investir US$ 5 bilhões por meio do SoftBank Latin America Fund, a empresa anunciou nesta terça-feira (14) o lançamento do SoftBank Latin America Fund II.

O veículo vem após bons resultados investindo em empresas de tecnologia no mercado latino-americano. Lançado em março de 2019, o SoftBank Latin America Fund investiu em 48 empresas, incluindo 15 dos 25 unicórnios latino-americanos. Alguns exemplos são Gympass, Madeira Madeira, Mercado Bitcoin, Quinto Andar e Rappi.

O primeiro fundo também apresentou uma taxa interna de retorno de 85% em dólares, evidenciando “o rápido crescimento da América Latina”, segundo o SoftBank. De acordo com o comunicado, foram US$ 3,5 bilhões investidos em empresas, e essa parcela tem um “valor justo” de US$ 6,9 bilhões até 30 de junho de 2021.

O novo fundo terá mais US$ 3 bilhões para investimentos, totalizando um comprometimento de US$ 8 bilhões do SoftBank com a região. Em comunicado, a empresa afirmou que ainda avalia oportunidades de levantar capital adicional para o segundo fundo.

O veículo tem um escopo amplo. Pretende “investir em empresas habilitadas para tecnologia, em todos os países e setores, em todos os estágios de seu desenvolvimento, desde a fase inicial até se tornarem públicas, em toda a região, que hoje tem rápido desenvolvimento”. Também vai “identificar investimentos em potencial que utilizam tecnologias emergentes e IA para definir e remodelar novos setores, com foco em comércio eletrônico, serviços financeiros digitais, saúde, educação, blockchain e softwares corporativos”.

“A América Latina é uma das regiões econômicas mais importantes do mundo e o SoftBank continuará impulsionando a adoção de tecnologia, que beneficiará centenas de milhões de pessoas”, escreveu no mesmo comunicado Masayoshi Son, presidente do SoftBank Group. “Há muita inovação e disrupção ocorrendo na região e acredito que as oportunidades de negócios nunca foram tão grandes. A América Latina é uma parte crucial de nossa estratégia – e é por isso que estamos expandindo nossa presença e dobrando nosso compromisso, com Marcelo [Claure] no comando.”

Claure lidera os SoftBank Latin America Funds, além de ser o diretor executivo da vertical SoftBank Group International. No comunicado, afirmou que “nos últimos dois anos, vimos um tremendo sucesso e retorno do SoftBank Latin America Fund, que superou em muito as nossas expectativas”.

O executivo também acredita que 2022 será o maior ano da história da América Latina em número de IPOs, ou ofertas públicas iniciais de ações. “O trabalho e a visão incríveis que os empreendedores latino-americanos vêm demonstrando na região nos dá confiança de que sua transformação digital continuará a acelerar. (…) Agora é a hora de dobrarmos nosso compromisso com a região. Continuaremos a apoiar o crescimento de empresas de tecnologia em quase três dezenas de países e temos orgulho de ser o investidor em tecnologia mais ativo na região.”

Fonte: https://www.infomoney.com.br/

14/09/2021

 

NENHUM COMENTÁRIO

ENVIAR UM COMENTÁRIO