Operadoras de saúde apresentam boas oportunidades de compra, afirma BofA

Banco reconhece riscos como o impacto dos ruídos políticos e o aumento nos casos de covid 19.

As recentes desvalorizações de papéis de operadoras de saúde na B3 refletem descontos “excessivos”, de acordo com o Bank of America. O banco reconhece riscos como o impacto dos ruídos políticos e o aumento nos casos de covid-19 no Brasil, mas indica otimismo em relação à fusão entre Hapvida e Notre Dame.

Os analistas Roberto Otero e Pedro Mariani pontuam que as ações das companhias de saúde registraram fortes quedas desde suas cotações máximas neste ano, com destaque para Hapvida (-16%), Notre Dame Intermédica (-19%) e Rede D’Or (-15%).

“Acreditamos que algumas correções pareceram exageradas, especialmente Hapvida e Rede D’Or, o que cria uma oportunidade de compra particularmente atraente para essas ações”, afirmam.

Segundo o banco, as sinergias da fusão entre Hapvida e Notre Dame podem chegar a R$ 35 bilhões, enquanto o consenso do mercado aponta para R$ 12 bilhões. Os analistas não enxergam obstáculos regulatórios significativos na operação, considerando que apenas o Estado de Minas Gerais possui maior participação das duas companhias simultaneamente.

Outro fator minimizado pelos analistas é a potencial queda de procedimentos eletivos na Rede D’Or em razão da covid-19. O relatório aponta que, apesar da disparada de casos e mortes na pandemia no Estado de São Paulo, a companhia têm conseguido converter mais leitos para absorver a demanda de pacientes eletivos e com outras doenças.

Além disso, o BofA destaca que a Rede D’Or segue buscando oportunidades de fusões e aquisições de hospitais, como uma forma de expandir sua relevância e avançar geograficamente.

A recomendação para os papéis da Hapvida é de compra, com preço-alvo de R$ 20, enquanto a Rede D’Or tem preço-alvo de R$ 79, também com recomendação positiva. Os papéis da Notre Dame Intermédica não receberam classificação.

Fonte: https://valorinveste.globo.com/

15/03/2021

NENHUM COMENTÁRIO

ENVIAR UM COMENTÁRIO