Após descoberta relacionada ao nióbio, Randon anuncia investimentos de R$ 10 milhões

Nova Subsidiária está sendo estruturada para pesquisa, produção e aplicação de nanotecnologia.

As Empresas Randon, por meio da Fras-le e do Centro Tecnológico Randon – CTR, comunicaram ao mercado, no final desta semana, uma descoberta tecnológica com potencial de revolucionar o futuro de diferentes setores da indústria de transformação. Eles anunciaram que estão trabalhando em um novo método para obtenção de nanopartículas de nióbio em larga escala.

A descoberta relacionada ao nióbio vai resultar na constituição de uma nova subsidiária, que terá como sócio diretor o CTR, com 100% das quotas de seu capital social. Para isso, o centro tecnológico receberá aproximadamente R$ 10 milhões que vai repassar para a nova empresa.

O estudo científico foi coordenado pelo CTR e pelo Instituto Hercílio Randon – IHR. Segundo a companhia, o processo de obtenção da nanopartícula está apto para ser aplicado. A solução potencializa as características de outros materiais, conferindo maior durabilidade, resistência mecânica e alterando de forma significativa suas propriedades físico-químicas. Além disso, utiliza métodos amigáveis ao meio ambiente, contribuindo para um processo sustentável.

— É uma tecnologia nacional, com patente requerida pela Fras-le e com potencial de aplicação em escala global _ salienta o vice-presidente executivo e COO das Empresas Randon e CEO da Fras-le, Sérgio L. Carvalho.

Para ampliar as pesquisas e expandir as aplicações dessa nova tecnologia, a nova unidade das Empresas Randon terá estrutura, equipes e recursos próprios. Inicialmente, está prevista a aplicação na indústria automotiva, podendo ser estendida para outros segmentos industriais.

— Estamos celebrando uma nova fase para a indústria nacional e internacional _ reforça o CEO das Empresas Randon, Daniel Randon.

Fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br/

28/08/2021

NENHUM COMENTÁRIO

ENVIAR UM COMENTÁRIO